Como engravidar? Veja dicas sobre fertilidade

Muitas mulheres procuram dicas sobre como engravidar e realizar o sonho de começar uma família.


Embora possa parecer um processo natural, existem muitos fatores que podem influenciar no desenvolvimento de uma gravidez. Segundo dados da OMS, entre 50 e 80 milhões de pessoas têm problemas para engravidar.


Por isso, é importante conhecer algumas recomendações quanto a esse processo, e também considerar outras alternativas para alcançar essa realização.


Pensando nisso, a SEMEAR preparou um guia especial com algumas dicas sobre fertilidade e como engravidar de forma saudável.


A idade influencia a gravidez?

Uma das principais dúvidas de mulheres que procuram como engravidar é a influência da idade.


Isso porque a gravidez é um processo transformador, que promove uma série de mudanças corporais e hormonais.


Além disso, a idade também influencia em elementos que podem impactar diretamente as chances de sucesso de uma gravidez, como a queda na quantidade de óvulos. De acordo com estudos, a partir dos 35 anos, cada ano conta para tentar engravidar.


Muitas mulheres se sentem mais preparadas para a maternidade depois dos 30 anos, por conta de fatores emocionais, psicológicos e também financeiros.


Apesar das mudanças corporais que começam a acontecer nesse período, houve um aumento no índice de mães que engravidaram após essa idade.


Segundo um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicado em 2019, 20% dos nascimentos registrados correspondem a faixa etária de 30 a 34 anos. Em 1998, esse índice era menor que 15%.


No entanto, após os 35 anos, a porcentagem não chega a 15%. Assim, é possível engravidar depois desse período, mas a idade certamente influencia nas chances de uma concepção natural bem-sucedida.


Tempo para tentar engravidar naturalmente

Após a decisão de começar uma família, é normal que o casal procure como engravidar de maneira natural. Entretanto, é recomendável se atentar para o período em que ocorrem essas tentativas.


Fatores como idade, hormônios e genética influenciam, mas existe um determinado tempo para tentar engravidar naturalmente.


Em média, até os 35 anos da mulher, o indicado é um ano de tentativas naturais. Para casais em que a mulher tem de 35 a 40 anos, seis meses é um bom período para tentar engravidar naturalmente. Se após esse período não houver sucesso, aconselha-se a procurar um especialista. Mulheres acima de 40 anos são aconselhadas a buscar ajuda de um especialista o quanto antes.


Clínicas de fertilidade, como a SEMEAR, contam com um quadro de profissionais que podem indicar exames e tratamentos para auxiliar nesse objetivo.


E, se necessário, também pode apresentar alternativas para a realização do sonho da gravidez.


Exames de fertilidade para a FIV

A fertilização in vitro, também conhecida como FIV, é uma das técnicas de reprodução assistida mais conhecidas. Não apenas por representar um grande avanço na medicina moderna, mas também por suas taxas de sucesso.


Assim, casais que não conseguem engravidar de maneira natural podem optar por esse método.


No entanto, antes de realizar a FIV, é necessário realizar alguns exames para o médico indicar o tratamento adequado.


Afinal, se as dificuldades para engravidar forem leves (ausência de ovulação ou alterações leves no sêmen, por exemplo), primeiro pode-se tentar o método de coito programado ou inseminação intrauterina (IIU).


Porém se os exames apontarem, por exemplo, baixa reserva ovariana, ausência ou obstrução das trompas, e ausência ou baixa produção de espermatozoides, é indicada a FIV. Inclusive, há exames obrigatórios, que são uma exigência da Anvisa para autorizar o método.


Veja os principais exames de fertilidade para a fertilização in vitro:


1. Espermograma

O espermograma é um exame laboratorial que busca avaliar a quantidade e a qualidade dos espermatozoides produzidos. Dessa forma, é possível diagnosticar algum fator masculino que possa dificultar a gravidez.


Na SEMEAR, o resultado do espermograma sai em até 2 horas, com material colhido na clínica através de masturbação, em um ambiente próprio para o teste.


2. Contagem de folículos

A contagem de folículos é um exame de fertilidade realizado na mulher que deseja engravidar.


Possui a finalidade de avaliar a reserva ovariana, e, eventualmente, diagnosticar uma possível infertilidade.


A contagem de folículos é feita por meio de ultrassonografia transvaginal, e é importante para a prescrição de medicamentos utilizados, ou indicação do uso de óvulos doados.


Além da contagem de folículos em ambos os ovários, a SEMEAR também realiza uma avaliação ultrassonográfica vaginal completa, que pode identificar outras situações que dificultam o processo de gravidez.


Já os exames exigidos pela Anvisa são os de sorologia, como hepatite B e C, rubéola, sífilis, HIV e outros.


Dicas de como engravidar

Por fim, casais que desejam iniciar uma família podem conhecer algumas dicas de como engravidar de forma natural e saudável.


Confira algumas recomendações de especialistas:


1. Mantenha o acompanhamento médico do casal em dia

Seja qual for a situação em que o casal se encontre, é imprescindível manter o acompanhamento médico em dia.


Essa rotina não apenas garante a saúde de ambos, como também pode identificar possíveis fatores que dificultem uma gravidez. Dessa forma, o casal poderá se preparar e buscar alternativas para realizar seu sonho.


Doenças genéticas e disfunções hormonais podem interferir nas chances de sucesso. Assim, o casal deve fazer acompanhamento com ginecologista durante o período em que estiver tentando engravidar, ou com especialistas em fertilidade para recorrer a tratamentos de reprodução assistida.


2. Conheça o seu período fértil

O período fértil de uma mulher corresponde ao espaço de tempo em que a mulher possui mais chances de engravidar.


Sua libido aumenta, seus hormônios se modificam, o óvulo é liberado para ser fecundado pelo espermatozoide, e o útero se prepara para receber o embrião,


Geralmente, o período fértil ocorre 14 dias após o início do ciclo, a partir da menstruação. No entanto, essa contagem não se aplica a todas as mulheres. Isso porque cada corpo possui um ciclo diferente e, consequentemente, um espaço de tempo fértil diferente.



Assim, é fundamental conhecer o seu ciclo e como ele se comporta. Por exemplo:

  • duração da menstruação;

  • intervalo médio entre os ciclos;

  • sintomas que indicam o período fértil;

Se tiver dúvidas ou ciclos irregulares, é recomendável procurar um especialista para acompanhar esse período. Assim, você saberá quais são os dias em que as suas chances de engravidar estão mais altas e favoráveis.


3. Cuidado com os mitos e promessas falsas

Infelizmente, existem muitos mitos e promessas falsas quanto às formas de engravidar. E, muitas vezes, o casal acaba acreditando nessas recomendações.


No entanto, é preciso tomar cuidado com indicações que não possuem comprovação médica ou científica.


Por exemplo, o consumo de alimentos afrodisíacos e chás naturais não aumentam as chances de engravidar. O mesmo vale para os suplementos e vitaminas.


Então, sempre procure orientação médica e não gaste recursos financeiros nem mesmo esperanças em falsas promessas. Não perca tempo com o que não é comprovado cientificamente enquanto você poderia estar recebendo um tratamento médico que é realmente eficaz.


Posições

Alguns mitos sobre a gravidez não oferecem malefícios para o corpo ou dificultam o processo, mas também não têm comprovação científica.


É o caso das posições durante e após a concepção. Não existe nenhum tipo de garantia que permanecer deitada, de pé ou com as pernas suspensas aumentam as chances de sucesso. Em resumo, as posições não interferem na fertilidade, infertilidade ou na fecundação.


Apesar de não oferecer nenhum prejuízo ao casal, esse mito pode levar a um desapontamento e frustração. Por isso, é importante conhecer os fatores que realmente contribuem para aumentar as chances de gravidez.


Vitaminas, suplementos e alimentos

Outro mito que muitas tentantes ainda acreditam, fazem uso e que não há comprovação, são determinados alimentos para cada fase do ciclo ou da FIV, suplementos e vitaminas.


Não há estudos nem indícios de que alimentos, vitaminas e suplementos agem de maneira positiva na fertilidade ou no sucesso de uma gravidez. O ácido fólico é a única suplementação que é feita.


Sonho de engravidar

O sonho de engravidar representa um momento de felicidade e realização para o casal, mas também pode trazer um período de fragilidade.


Há diversas ofertas no mercado de alimentos, vitaminas, tratamentos milagrosos e exames que garantem gravidez, nesse caso, é fundamental procurar por clínicas de fertilidade certificados, como a SEMEAR, que seguem todos os protocolos oficiais.


É essencial desconfiar de promessas extraordinárias, sem garantias, e que pode ter interesses financeiros em vender exames e medicamentos.


Afinal, como engravidar?

Não existem fórmulas mágicas que garantam o sucesso total de uma gravidez, a não ser, tentar.


É imprescindível procurar um médico para diagnosticar as dificuldades para engravidar, que são únicas para cada caso, além de garantir que as necessidades específicas de cada casal sejam atendidas.


Se mesmo depois de seguir todas as dicas e sugestões médicas, não ocorrer uma concepção natural, existem outras alternativas para realizar o sonho de começar uma família, como tratamentos de baixa a alta complexidade, útero de substituição e uso de gametas doados.


A SEMEAR possui diferentes especialistas e tratamentos para te ajudar a alcançar seu objetivo, com todas as tecnologias e assistência necessária.


Além de ter uma estrutura qualificada para métodos de reprodução assistida, os profissionais da SEMEAR também podem tirar todas as suas dúvidas sobre os processos de fertilização.

Deixe sua pergunta no Facebook ou Instagram da SEMEAR com a hashtag #respondedr.

Posts recentes

Ver tudo

Dúvidas 

WhatsApp (16) 99644 9535

Agendamentos

Voz e WhasApp (16) 3234 4020

                         (16) 99276 9801

  • SEMEAR WhatsApp
  • SEMEAR Grupo Fechado Facebook

SEMEAR Facebook

Grupo Fechado

Conheça mais sobre nosso trabalho.

  • @semearfertilidade
  • #semearfertilidade
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Spotify
Responsável técnico médico:  Carolina Nastri CRM-SP:104.808

© 2020 por SEMEAR fertilidade.